Sooooooooo nice!!!!!

cliquem e vejam:
aqui -> la bella foto

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

"Nós não somos racistas... nem xenófobos, já agora"

(excerto de conversa com orçamentista de empresa de alumínios)

(...) e acrescento-lhe ainda que também não temos nem sérvios, nem ucranianos a trabalhar connosco, que não temos nada contra essas pessoas, repare, não somos racistas, nem xenófobos, já agora; essas pessoas na terra deles eram médicos e tudo o mais, claro, e até seriam bons, mas no nosso ofício as pessoas que temos são profissionais competentes. Portugueses, percebe?"

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Thanx!!!

...aos que se lembraram e gentilmente telefonaram ou enviaram SMS ou mail com os votos de parabéns. Um big, big hugh!!!!!

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

Às vezes é bom trabalhar

Mudam-se os dias, mantêm-se os patrões, mudamo-nos todos para novo poiso de 'lavoro' e agora, de um modesto 4.º piso (ainda que a foto seja roubada a um qualquer tipo croata), a vista é mais ou menos esta.

Ah!...
Quanto custa trabalhar.


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 0 Comments

Morning human rainbow

A velha carrinha-frigorífica parada à porta do armazém do restaurante. O auto-rádio a fazer passar pelos vidros subidos uma música longínqua, de um qualquer recanto solarengo, tropical, areias finas e algo escuras. O homem com as cestas plásticas ao ombro, já vazias; no rosto os óculos de aro grosso e fora de moda; sai pela grande porta do armazém e assobia a par do rádio a melodia. Ainda é tão cedo, mas a honestidade cinge-se a aproveitar cada instante do momento, cada ápice, cada pequeno nada e cada pequeno pouco para sentir pulsar a Vida e poder desfrutar do que quer que seja que a vida dá.

A música na carrinha-frigorífica a cantar para quem quís ouvir. O homem num dueto. E como não aprender com ambos?

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

A minha mulher odeia e eu também não gosto...



(Alessandra Ambrosio)

...de gente que nunca se lembra para onde vai e depois improvisa. Maldição lusitana, que tantas vezes nos livra mas outras tantas nos trama. E depois há os que fazem disto regra e, mais ainda, o provocam e cultivam, andando por aí em falso improviso para que todos olhem, olhem, olhem. E que é que acontece? A gente olha, pois claro.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 0 Comments

ser corajoso...

...é num dia de chuva vestir calças brancas e fazer-se à estrada entre saídas de Metro e passagens pelos autocarros da grande cidade e chegar impecavelmente alva ao escritório.

10 pontos.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

E as noites têm sido assim:

- House M.D.
- 24
- Desperate Housewives
- Heroes

Há lá melhor!?
=D

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 1 Comment

work ricvisited


(anuário criativos 2006 - criatividade, copy e grafismo)

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments