A Segurança Em Primeiro Lugar

Sem dúvida nenhuma, a segurança deve estar comprovadamente em primeiro lugar numa casa. Aliás, segurança e higiene. E de forma inequívoca.

Ultimamente, lá por casa, só usamos disto:



POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 1 Comment

APPLE STORE - PORTUGAL - loja apple em Portugal já abriu!

Será possível?
Ao fim de tantos anos, abriu finalmente a loja online da apple para portugueses de Portugal!

Depois de inúmeros pedidos, críticas e lamentos, eis que finalmente os representantes da apple em Portugal conseguem fazer passar o volume de pedidos e queixas para o Steve Jobs (deve, deve...), e nasce então a loja online da apple para o único país europeu que ainda estava sujeito, até há bem pouco tempo, a uma versão rascunho, cheia de erros, com páginas que davam em nada e contactos inexistentes para ficarmos a gastar dinheiro com atendedores automáticos sintonizados na antena 2.

Finalmente, então, aqui está ela, a loja online da apple para Portugal:
http://store.apple.com/portugal ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , , , ,
DISCUSSION 2 Comments

HDNA

Por mais que seja fascinado pelos avanços da e na ciência, a verdade é que tenho deixado a janela de browser aberta com este vídeo abaixo para ouvir vezes sem conta a banda-sonora.

Alguém sabe de quem é isto?


Studio Daily \ HDNA ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , , ,
DISCUSSION 0 Comments

ALBERTO SEVESO

Cheguei à obra do designer alberto Seveso por recomendação do Nuno G. (gracias!), e resolvi linkar aqui não só pelas ideias, como pela coerência ao longo de todos os trabalhos que andei por aqui a ver.

Desde a fotografia, mas sobretudo passando pela ilustração, há muito (e muito bom) para ver.




Podem espreitar em:
www.recycledarea.co.uk/index.php ->

Também podem fazer o download grátis de um poster que ilustra bem o 'toque' do 'man':
www.recycledarea.co.uk/gnoccolosa.pdf ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

desporto.rtp.pt - mais desporto, notícias, destaques, opinião, clubes, ...

A página de desporto da RTP também sofreu mudanças radicais.
Estando assente o projecto num desenho estratégico que irá sendo implementado gradualmente (e mais não digo), a grande novidade para já vai para o novo layout e estrutura de informaçao, bem como para a forma engenhosa como a homepage pode ser inventada e reinventada, utilizando 4 formatos em 4 cores cada um, permitindo combinações que nenhum outro site em Portugal oferece de momento. Podem ir verificando a ginástica da página aqui: http://desporto.rtp.pt ->

Igualmente de realçar para já é o serviço rádio-relato, onde a Antena1 irá ter no site algumas emissões em directo, cobrindo na íntegra eventos desportivos que na emissão da Antena obtinham apenas espaço para um breve contacto.

A outra grande novidade vai para uma maior preocupação na interactividade e no apelo à participação dos visitantes, com mais notícias abertas a comentários e com espaços dedicados ao debate em dias de eventos decisivos, como n oapuramento de hoje da Selecção Nacional de Futebol AA para o Europeu da Áustria e Suiça 2008.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Notícias.rtp.pt - vídeos e áudio - mais informação RTP

A área de notícias online da RTP foi toda ela redesenhada, tendo arrancado esta segunda-feira. Podem espreitar em: http://noticias.rtp.pt ->

Para além disso, a RTP disponibiliza nesta área de notícias os vídeos retirados dos principais espaços de informação RTP. Estes vídeos de informação são colocados em peças 'a la carte' e em formato flash, o que tem constituído uma revolução - desde que o serviço foi lançado que o aumento de acessos não pára. A consulta de notícias RTP sobe, e prova-se uma vez mais que uma solução simples e uma página funcional valem sempre muito mais.
Podem ver a página aqui: www.rtp.pt/noticias/video ->

Para além dos vídeos de notícias, obtêm ainda mais fôlego os aúdios de informação, produzidos pela Antena 1, e que podem encontrar na homepage de informação ou na página respectiva, aqui: ww1.rtp.pt/wportal/informacao/noticias_audio/ ->

Apesar da minha opinião ser suspeita, uma vez que faço parte da equipa que durante muito tempo suou, creio que há aqui um serviço de informação que certamente está a cumprir muito e bom serviço público.

Ideias e sugestões, por favor cliquem no link abaixo para deixarem os vossos comentários.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 0 Comments

RENAULT - anúncio publicitário sublinha segurança



Nas televisões nacionais temos tido a oportunidade de ver a versão reduzida do anúncio. Esta aqui acima é a versão integral, que passou nas televisões alemãs.

Para quem não viu nem sabe do que se trata, a Renault lançou uma campanha a lembrar e promover que oito dos seus modelos obtiveram as 5 estrelas nos testes de segurança do EuroNcap. Em Portugal aproveitaram isso e juntaram ainda a uma campanha de promoção com redução de €3000 euros na compra de um destes modelos. Mas na verdade - pouco disto importa.

A mim, pessoalmente, importa-me este anúncio, o anúncio em si, que acho brilhante, sobretudo na sua versão reduzida de 45 segundos (não a encontrei no YouTube).

Primeiro, o uso da música clássica e de não outro género qualquer, elevando o valor da marca aos escalões de topo.
Segundo, utilizando um argumento de venda (a segurança) tantas vezes tão enfadonhamente tratado e mostrando-o com uma espectacularidade que será difícil agora de ultrapassar nos tempos mais próximos por outra marca.
Terceiro, toda a encenação e hábil disfarce dos condutores, o que permite personificar os carros e fazê-los assumir na coreografia o papel de humanos e não de simples objectos motorizados, mas em algo com vida própria (a dada altura chega a parecer que os carros são pessoas que brincam e chocam entre si, e não carros que estão a ser conduzidos por outrém num simples ou habilidoso test-drive).

Pela ruptura de comunicação que significa (tal como disse, em anúncios similares que tentam vender segurança automóvel debitando a voz-off infindavelmente e coloquialmente os valore dos testes), também eu dou 5 estrelas a este anúncio.

Agora só falta virem dizer que isto promove os acidentes nas estradas...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , , , ,
DISCUSSION 0 Comments

Sugestões Enólogas do Aprendiz: ESTEVA 2003 (Tinto) - Douro

Um vinho tranquilo, sem grande chama, mas com alguma elegância e algum corpo, e como dizem os próprios pais: versátil.

Decidi-me pela compra não só pela Casa que lhe está por trás (Ferreirinha) como pela região (Douro) como por experimentar mais um vinho do grupo Sogrape.



Não posso dizer que me tenha dado mal. Por nem bem €4, podemos saborear um vinho agradável e cujo equilíbrio conseguido, para o preço, está de acordo com a restante concorrência. Apesar do bom nome de quem o faz, não é ainda assim um vinho que faça jus, mas podem avançar na compra se pretendem uma garrafa para um jantar de amigos e não para um jantar mais especial ou uma longa conversa de memórias, para ir acompanhando as histórias e também (claro) os pães e queijos e demais coisas boas.



Como os próprios fabricantes aconselham, foi "idealizado para um consumo jovem". E portanto não confundam isto (como ouvi dizer) para um público jovem. Bebam-nos à vontade sem perspectivas de amadurecimento nas vossas caves. E como boa nota, também, segue o facto de ao fim de 2 dias ainda se beber razoavelmente bem.


Como genialmente a SOGRAPE faz para todos os vinhos no seu site, aqui seguem as notas (que a meu ver deveriam ser obrigatórias em todos os vinhos, nem que apenas nos sites) sobre a vindima e vinificação:

Vindima e Vinificação
O ano vitícola de 2003 ficou marcado por um Inverno anormalmente frio, ao que se seguiram algumas trovoadas em Agosto, muito benéficas para a qualidade e dimensão dos cachos. As uvas seleccionadas e vindimadas à mão foram vinificadas na adega da Quinta do Seixo com apurada tecnologia. Após suave desengace e esmagamento, as uvas fermentaram em cubas de inox, com remontagem e maceração das películas, sob temperatura controlada de 28ºC. Depois da maceração, seguiu-se a fermentação maloláctica que decorreu nas melhores condições.


Site Sogrape:
www.sogrape.pt ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 0 Comments

Homens de negócios e relógios SWATCH

Porque é que há tantos homens de negócios, alguns até eu já tive a ocasião de conhecer pessoalmente e cujos rendimentos passam os 4 dígitos, que usam relógios Swatch?

A minha teoria:
são presentes dos filhos pequenotes, cujas semanadas, bem espremidas, lá dão um dia para comprar um modelo Iron da Swatch, e oferecê-lo então no Dia do Pai. E qual é o pai, obviamente, que não passa a usar esse Swatch com muito mais amor que um qualquer Patek-Philippe!

POSTED BY Ricardo Tomé
DISCUSSION 1 Comment

ERC - "Sondagens: Desafios e Problemas de Regulação"

Fui lá hoje, e sobretudo no Painel V, da tarde, as coisas foram mais animadas, produtivas, construtivas e deu para perceber um pouco do que pode vir a ser trilhado nos próximos tempos.

Felizes todos, pelo menos, que no campo da comunicação social e das sondagens aí pedidas e divulgadas as coisas estejam mais reguladas e responsabilizadas. O mesmo já não se pode dizer para o campo do Marketing e dos inúmeros estudos de mercado realizados por ano, onde vão proliferando empresas menos credíveis e onde a fraca (por vezes nenhuma) exposição pública desses estudos ajuda à manutenção dessas más práticas e empresas.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

Infografia sobre o uso de açúcar como bateria



Um vídeo curtinho mas muito bem feito sobre como seriam ecológicas as baterias à base de açúcar. Um video aliás excelentemente bem feito. Boa animação 3D. Ritmo. E acima de tudo, passagem clara da informação.

Uma nota especial segue para a edição de som, que serve de fundo de forma exemplar, colando de forma muito subtil os vários elementos sonoros e dando a ambiência exactas para o filme.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

www.godtube.com - Deus e Jesus Cristo na net


Chama-se GodTube e descobri o projecto via Diário Económico.

O site usa, como tantos outros, os parâmetros do YouTube e as funcionalidades web 2.0 da maioria dos sites / comunidades vídeo do momento. A grande diferença é que este é um site de vídeo temático, exclusivamente dedicado ao tema "Deus" e onde o mote é espalhar a Sua mensagem.

Vídeos com sermões, com bandas rock cristãs, organização por álbuns e, a meu ver, um dado curioso, uma "tab" no menu de topo que mostra exclusivamente os vídeos em espanhol.

Na página de entrada ainda há um banner de promoção que espalha a palavra "Introducing the GodTube Social Netwok". O que me soa estranho, depois de todo o apregoar de fé. Eu esperaria mais ver um banner a promulgar algo mais do estilo "Introducing the GodTube Faith Network"...


O projecto usa o mote "Broadcast Him", utilizando e reescrevendo o slogan do YouTube ("Broadcast Yourself"). Contudo, vendo alguns dos vídeos, prova-se claramente que apesar destes transmitirem ou terem como tema a fé, muitos estão ali, desde logo, porque atraiu às pessoas poderem-se "transmitir", poderem-se colocar "on air", e isso, verdadeiramente, é o conceito base não deste tipo de sites, mas desta época. E aí, de facto, o slogan do YouTube resume e reflecte exemplarmente uma era que ficará marcada indelevelmente na história.

Link para o site GodTube:
www.godtube.com ->

POSTED BY Ricardo Tomé
DISCUSSION 0 Comments

Brinquedos no Continente

Acabo de ver o spot publicitário do Continente com a promoção ao "mundo dos brinquedos", com a Leopoldina e Cia., na Tv. Bem feito, personagens engraçadas, 3D exemplar... só não percebi uma coisa - para que raio era a neve? Com 29º em pleno Novembro, vamos a caminho de celebrar o Natal vestidos mas é de 'sunga'!

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

COMPRAS, RECLAMAÇÕES, QUEIXAS > USABILIDADE

Uma excelente iniciativa da Associação Portuguesa dos Prifissionais de Usabilidade: o site DIFÍCIL DE USAR, em http://dificildeusar.usabilidade.org, recolhe até final de Novembro opiniões, queixas, dicas e mais um variado leque de ideias e sugestões de inúmeros cidadãos sobre objectos do dia-a-dia ou sites que consideram, em termos de usabilidade, terem ainda muito a melhorar.

Desde fogões, passando pelo site do FoxLife e dos hipers Jumbo e Continente, tocando ainda telefones de empresa, começa já a haver muito por onde olhar, onde rever as mesmas reclamações e, melhor que isso, estando sob a alçada da A.P.P. Usabilidade, começam muitos cidadãos a perceber que palavra é este, o que significa e de que forma (brutal) ela incide sobre o dia a dia de todos, facilitando a vida de todos e melhorando a qualidade dos produtos e serviços para todos.

Visitar site e colocar dica:
http://dificildeusar.usabilidade.org
->


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 1 Comment

Nova garrafa de água criada por Ross Lovegrove para a Ty Nant


Depois da aclamada e premiada garrafa azul (vidro), Ross Lovegrove volta a conseguir novo feito, com um design assimétrico e (diziam alguns) impossível de produzir em massa. A garrafa desenhada para o segmento PET da Ty Nant reproduz a fluidez da água, e a sua forma ajuda igualmente para intensificar o efeito de refracção da luz.

Para assinalar o lançamento da nova garrafa, a Ty Nant juntou na campanha publicitária as formas da garrafa com as formas (não menos fluidas, diga-se) da Adriana Slenarikova. Há quem diga que a rapariga sai a perder...
=)

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , , ,
DISCUSSION 0 Comments

RADIOHEAD > In Rainbows > álbuns à borla compensam mesmo?

O TheRegister.com traz um interessantíssimo artigo sobre o caso mais mediático deste ano no mundo da música (não, não me refiro ao regresso da Britney Spears) : a possibilidade de descarregar o álbum dos Radiohead, pelo próprio site da banda, pagando o que se quiser, inclusive nada.

As primeiras informações (com base em sondagens online) são já de si ou estranhas ou surpreendentes. E a serem confirmadas pela banda, acendem ainda mais o debate sobre a importância ou não das discográficas e sobre a viabilidade deste modelo para a própria sustentabilidade e crescimento das bandas.

Vale mesmo a pena ler:
theregister.co.uk/2007/11/06/radiohead_comcast_stats ->

POSTED BY Ricardo Tomé
DISCUSSION 0 Comments

Site da BBC arranca com publicidade

Depois de anos de debate e rumor, parece que o buraco financeiro acelerou (desculpabilizou?, facilitou?) o processo de introdução de publicidade online no site da BBC.

Para já a publicidade é mostrada apenas a visitantes que acedam ao site fora do Reino Unido (controlo feito via IP) e exibida apenas em páginas de grande tráfego. Mas como já por aí se fala, não é razão para que no curto-prazo não venha a alargar-se a outras áreas e também a visitantes do Reino Unido.


Podem ler mais e ver alguns exemplos/print-screens em:

www.theregister.co.uk/2007/11/06/bbc_ads_are_go/ ->

www.bbc.co.uk/bbctrust/framework/commercial_services/bbc_com ->

www.currybet.net/cbet_blog/2007/11/bbc_adverts ->

regmedia.co.uk/2007/11/06/bbc_ads ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Sugestões Enólogas do Aprendiz: QUINTA DO BUCHEIRO 2006 (Branco) -Douro


Depois de lida a opinião do enólogo-mor e de uma leitura atenta a algumas das características prometidas, arrisquei na última feira de vinhos do Continente (estava a um preço convidativo - sensivelmente €3,5) e a verdade é que, de facto, este Quinta do Bucheiro é uma excelente companhia, quer para queijos suaves, quer para um peixe no forno.


Robusto como só os vinhos do Douro conseguem ser, este vinho deve a principal arma ao final bem vincado e bastante prolongado. Pode não ser muito complexo e texturado na boca e ao paladar, nem mesmo os aromas ao olfacto serem por demais perfumados e arrebatadores, mas é todo ele um vinho macio, seguro, até algo afoito e bastante bem conseguido. Nem diria que custou o que custou!


Razões não faltam, para este vinho dever o seu bom nome e créditos comprovados: vinhas bem criadas junto ao Pinhão, uma Quinta centenária, boas castas e bom armazenamento, tradição no Vinho do Porto e prémios arrecadados aos pares com a sua marca mais reconhecida, o Ceirós.

Para lerem um pouco da história da Quinta do Bucheiro e perceberem porque o brasão assume desde logo o rosto do rótulo, recomendo que cliquem e ampliem a segunda foto. E claro, o mais importante: recomendo vivamente que comprem e experimentem o vinho.

Dentro dos vinhos Brancos que já provei este ano, achei-o um dos três melhores. Embora, claro, realce uma vez mais que este tem sido um ano de provas de vinhos de preço baixo mas sempre em busca de óptimas experiências. Este Quinta do Bucheiro é-o sem dúvida. Se encontrar nova garrafa a este preço, nem hesito - - há lá melhor prova de que vale a pena?




Ver página da Quinta do Bucheiro:
www.quintadobucheiro.com ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , , ,
DISCUSSION 0 Comments

Britney Spears - Novo Álbum em Escuta

Foi-me cedido a título de escuta atenta e não preconceituosa o novo álbum de Britney Spears, "Blackout". Não sei se estarei bom da cabeça, mas a verdade é que acedi.

Como primeira impressão só posso dizer duas coisas. A primeira é que a par disto instalei a novíssima versão do winamp (5.5) e este não reconheceu o álbum, apenas a primeira faixa (o serviço é oferecido pela Gracenote). A segunda é que a (supra)produção do álbum continua a ser a chave de ouro. Quanto a notas pessoais, ainda é cedo...

...mas eu já disse que o último álbum dos Radiohead é absolutamente genial?
=D

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

Leitores de RSS

Estou algo preocupado...
Durante imenso tempo dispensei o uso de leitores de RSS. Utilizava-os para experimentar, para ver como funcionavam, quais eram as suas 'features' particulares e, sobretudo, como estavam concebidos em termos de usabilidade e arquitectura de informação. Por razões profissionais, portanto.

Chego contudo ao limite de deixar o uso pontual do SAGE para começar o uso em massa do Google Reader e nem sei bem porque é que comecei. A verdade é que se bem me conheço daqui a algum tempo isto passa e volto ao que estava implementado: ir à barra de favoritos e consultar os blogues pela catalogação em pastas, pelos temas - assim mesmo, um a um, com a particular alegria e o suspense de ver o blogue abrir e aguardar uns microsegundos para ver se há um novo post.

Agora, portanto, passa a ser uma consulta meio a "seco", mas o volume de sites e blogues passou a ser algo insultentável de fazer pelo anterior método.

Aguardo agora que o pessoal do MIT desenvolva um novo método, mais pessoal, de cada autor avisar os seus leitores de que há um novo post na blogosfera, algo que seja mais intimista e não gerido por um agregador cinzento e frio. Assim do estilo... telepatia!

(Não se riam! nunca se sabe... Grrunff)

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 1 Comment

Sugestões Enólogas do Aprendiz: PingoDoce DÃO Reserva 2004 (Tinto)

Este post sobre vinhos entrará, talvez, para a história do mundo dos vinhos, do mundo dos blogues e sobretudo do mundo da fotografia, pelo simples facto de ser a primeira vez que uma garrafa de vinho introduz no cenário uma espreguiçadeira de bebé e uma cama de viagem de bebé. Genial, no mínimo. Revolucionário, dirão outros. Um ultraje, dirá a chusma mais conservadora. A comunidade artística, certamente, ditará o veredicto final (talvez até com um prémio monetário chorudo à mistura).



Pois tendo comprado este mix de três castas geradas e colhidas em terras do Dão, há coisa de um ano atrás, resolvi abrir a garrafa numa destas noites para acompanhar uma carne estufada. Resulta, contudo, que a experiência não foi grande coisa...



Ao olfacto, os aromas que se captam são confusos e até pouco cativantes, diria mesmo agrestes, e que logo nos deixam com muito receio do que aí vem. Na boca, contudo, e apesar de não ser nada de excepcional, há um travo excêntrico e complexo que torna o vinho óptimo para se saborear algum tempo na boca. Mas (lá vem de novo) o álcool intromete-se sobremaneira, ao ponto de nunca conseguirmos apurar com deleite a composição do vinho. Se não for aberto com tempo e deixado a "respirar", então ainda pior. E se o experimentarem no dia seguinte, isso então nem se fala; a adstringência será tal que sentirão um rombo ácido a atacar-vos as paredes do estômago.

Encontram-no no PingoDoce a cerca de €3,5, mas a este preço começam a ser cada vez menos os vinhos interessantes. Até agora, o Terras D'Uva (Alentejo) foi a melhor surpresa no último ano. E não sou o único a dizê-lo. Prova-se portanto que para o Dão e Douro os vinhos interessantes começam, regra geral, quase todos eles a partir dos €4 para cima, muito embora se sairmos dos hipermercados e dermos um pulo às garrafeiras de Coimbra para cima possamos encontrar muito melhores vinhos e até abaixo dos €4, mas que por razões de dimensão das Quintas e Casas que lhes dão nome e mesmo ao volume da produção, raramente conseguem chegar à zona de Lisboa e Vale do Tejo.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Arte......

"Nenhum objecto ouve mais parvoíces que um quadro"

A. Bucci


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

Sugestões Enólogas do Aprendiz: LOIOS 2006 (Tinto) - Alentejo

Continuando a minha saga pela introdução ao mundo dos vinhos, permaneço portanto, como se pode ver, pelas pipas de entrada, que é o mesmo que dizer pelas garrafinhas mais baratitas para ir percebendo como é que isto funciona. Não sei se há níveis de cores e cintos como no karaté, mas se houver eu devo estar certamente ainda no branco. Quanto a vinhos, começo portanto já a experimentar os tintos, não sem contudo já ter amealhado umas boas compras a nível de vinhos brancos nas recentes feiras de vinhos dos hipermercados.



Desta feita atirei para o carrinho de compras uma garrafa de Loios 2006, tinto. É daqueles rótulos que nos aparecem em todas as superfícies comerciais, e com um laranja vivo bem vincado no rótulo, não passa despercebido. Pensei "que diabo, deixa cá experimentar!".

Cedido que tinha à pressão do marketing, abri a garrafa e imediatamente ficou claro que de facto há vinhos, e há Vinhos. Para quem não for muito exigente, este alentejano serve perfeitamente para acompanhar uma refeição simpática e dois dedos de conversa sobre a semana que passou. Mas de novo: para quem não for muito exigente.



O rótulo embrulha de facto muito bem o posicionamento do vinho face à concorrência: jovem, graficamente bem trabalhado (apesar de ainda assim eu achar que o ambiente é mais celta que monge, mas enfim) e com um "appeal" leve e descomprometido. É efectivamente um vinho que se posiciona, até mesmo pelo preço (a rondar os €3), para quem naquele dia quer uma alternativa à cerveja ou aos refrigerantes, mas acha escabroso dar mais de €6 ou €10 por uma garrafa.

Os aromas à entrada são pouco atractivos. Na boca, contudo, é até surpreendentemente equilibrado, mas como diriam os surfistas, algo "flat", sem grande frescura e até frouxo. Bebe-se, mas não deslumbra.

Recomendo também que não guardem para o dia seguinte, porque o pouco que tem de bom desvanece-se e passa a acentuar-se ainda mais o que tem de menos bom.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments