2007 it's on it's way!!! Yepiiiii!
Conseguimos aguentar mais uma volta da Terra!!!




POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 1 Comment

A minha mulher odeia e eu também não gosto...

(Victoria Silvstedt)

...do facto de haver um Pai Natal mas ninguém explicar porque não há uma Filha Natal, ou uma Prima Natal, ou um Irmão Natal. Poderia, pelo menos, falar-se na Família Natal, e assim até inspirar mais o conceito de família nesta quadra, em vez de apenas se falar no Pai Natal e com isso lançar a eterna discussão sobre o facto do homem poder ser viúvo, divorciado e, se é Pai, porque raio tem os duendes a ajudá-lo e não o filho! Ai, ai!

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Com um abraço forte à família de Leonor Colaço



( )

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 6 Comments

Há tipos (mesmo) muito estranhos...

...e com hábitos ainda mais estranhos.
Senão, cliquem e vejam:
=o




POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 1 Comment

Já Escreveram ao Pai Natal?




=)

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

um para o outro (numa mesa de um café de rua)

UM:
Quando eu era puto dizia que ao ser grande queria ser polícia, depois bombeiro, depois passei a dizer que queria ser astronauta e por fim já dizia que queria ser professor. Porque é que isto é tão comum nos miúdos, escolherem profissões que sempre optam pelo bem, pela luta contra o mal e pelo lado nobre das coisas?
(pausa)
E tu, que dizias?

O OUTRO:
Que queria ser americano.

UM:
ui...

O OUTRO:
Eu sei. Uma pessoa quando é criança não sabe o que diz...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

work ricvisited / BEST 2006 - II

E segue nova 'leva':















POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

work ricvisited / BEST 2006 - I

Alguns dos melhores.
Provavelmente terão visto.
Incluem-se ainda textos de locução e conceito.












POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments

Ultimamente tem sido assim




E que bom!!!
=D


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

A minha mulher odeia e eu também não gosto...

(Adriana Lima)


...das gentes que nesta época tudo devoram gulosamente sem pejo nem controlo, como se lá por ser Natal fosse desculpa suficiente para por aí andarem deliciando-se a seu bel prazer sem ligar à linha, à curva, à saúde e sei lá eu e a minha mulher a que mais! Depois queixam-se. Ah!...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

1 giga = 18 euritos!!!!

E na Worten!
Quem diria...

Por isso, já sabem: quem precisar de cartões SD para os mp3 ou para a máquina fotográfica, basta apressar-se.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

hã?

Escuta de uma conversa na fila para o MB:

UM - ...de resto, tudo na mesma.
OUTRO - E como toda a gente, estás bem constipado.
UM - Mas o mais estranho é que agora, sempre que me assoo, cheira-me a sardinhas assadas.
OUTRO - Hã!?
UM - Ultimamente, sempre que acabo de me assorar vem-me sempre um cheiro a sardinhas assadas.
OUTRO - Ah, isso deve ser normal...


Os amigos.
Sempre prontos para passar por cima de tudo e tranquilizarem-se uns aos outros.

=o

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

work ricvisited




(grafismo para passatempo Vespa - Portugal no Coração)

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

Gracias!!!

OBRIGADO a todos os votos de parabéns e boa sorte que me foram chegando ao longo do dia de ontem e ainda hoje, quer pela caixa de comments quer pelos e-mails.

E sim, eu e a V. abrimos lista na Chicco.
Basta irem a uma loja deles e perguntarem pela lista com o meu nome, Ricardo Tomé, ou Vanessa Costa.

Não usem o meu nome secreto.
Já não assino nada como Rumadav Agnioszkovy faz algum tempo...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments

it's a bird, it's a plane... it's a boy!


Pois é, meus caros.
Chegou a altura.
Estou neste momento já a costurar o meu pijama de lycra azul e a capa vermelha.
Faz já quase 6 meses que a V. está grávida e posso já adiantar que vem aí a caminho um Martim.
=)

As ecografias têm-se sucedido, os pequenos sustos também, os pontapés na barriga, os enjoos da mãe, o ouvido atento na barriga a tentar prescrutar nos imensos barulhos se alguma coisa se entende (nunca se sabe, podia já sabear trautear os Stones!).

Têm sido semanas a ver programas TV sobre isto e aquilo relacionado com miúdos (eu e o grande herói a caminho) e graúdos (a mãe, os avós, os restantes).

São tempos de grande mudança.
2007 antevê-se difícil pela falta de emprego da V. mas, e sobretudo, absolutamente mágico pelo nascimento lá mais para Março do grande Martim. Já estão encomendadas doses-extra de algodão para os ouvidos e uns comprimidos miraculosos que transformam 2h de sono em 6h.

Venha daí esses novos desafios!
Entretanto, às 19:45h, é religiosamente hora de aprender com o Pocoyo.

=P

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 2 Comments

A minha mulher odeia e eu também não gosto...

(kate moss)

...do desespero que é percorrer as milhentas lojas em busca de uma peça de roupa para grávida cujo S não esteja camuflado de XXL e onde uma jovem pré-mamã se possa continuar a sentir sexy em vez de ser obrigada a vestir sacos de batatas. Claro que dá sempre para encontrar coisas giras nalgumas lojas mais chiques e apenas por uns meros 80, 90, ou 100 euros a peça (!). Valha-nos, ó Deus, a H&M do Chiado!

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

É tão bom comer!!!

- Pão alentejano
- Feijoada de tamboril com gambas
- Naco na pedra
- Pizza capri
- Terra D'uva
- Pudim flan (atenção: com olhinhos!)
- Café Christina


Hmmmmmmmmmmmm!...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

Gandalf & as Sogras

Há quem tenha problemas com as sogras. Eu, pelo contrário, para além de excelentes doçarias que me trazem sempre póstumos problemas de consciência por nunca conseguir resistir a provar (várias vezes seguidas na mesma refeição, entenda-se), tenho uma sogra que me suscita iguais doces sorrisos nas situações mais caricatas. A última foi na visita à casa da filhota e aqui do chato. Por ali perdido numa prateleira, entre a bonecada, o 'meu' Gandalf - o branco.
Pergunta-me ela:

- É o São José, o profeta?


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN ,
DISCUSSION 0 Comments

CAT POWER: concerto, desconcerto, concerto, desconcerto...

Cat Power (aka Chan Marshall) por ali desfilou bamboleante no palco da Aula Magna.
(corredores a abarrotar, by the way...)

Sapatos brancos, novos, portugueses, e o aparente estiloso desiquilíbrio equilibrado de gata em telhado de zinco quente acaba, mesmo, por se transformar na inglória mancha e marca do concerto. Riffs acertados em desacerto, músicas interrompidas a meio, e aqui e ali aquela voz - AH! a Voz!...

Desesperada, talvez, ou quiçá bamboleante entre o aqui e acoli, neste ou noutro mundo, Cat tenta o piano e falha uma nota, sai dali e pede desculpa. Pega na guitarra, afina-a por 15 ou 20 segundos que parecem eternidades, e a partir desse instante segue-se o primeiro de dois geniais momentos que qualquer ser humano mais atento terá guardado para todo o sempre.

Por entre o desespero de retomar o concerto, de o devolver à vida, de o salvar da penúria, Cat sussurra e lamenta, geme e treme a voz e agita o corpo e a guitarra. Não canta. Dá tudo em desespero de causa. E é precisamente pela tenebrosa circunstância que as duas músicas a solo no palco lhe saem tão fabulosamente e inacreditavelmente mágicas, celestiais, únicas. Mesmo com as falhas. Apesar das falhas. Graças às falhas.

Quantas vezes poderemos nós ter o privilégio de ver um dos músicos da nossa alma em procura da salvação e, melhor do que isso, a fazê-lo enquanto canta?




E é precisamente disto que se fazem os concertos. De momentos não encenados. Tal como a longa dissertação sobre Crazy, de Gnarls Barkley, onde ao fim de 15 minutos toda a Aula Magna pulava.

Pode não ter sido bom, mas ninguém disse que um mau concerto não poderia estar pontilhado de momentos absolutamente inebriantes e praticamente irrepetíveis.

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 1 Comment