Sempre associei a Páscoa a batizados e aos avós. Sobretudo a estes. Com as suas vivências agrestes e histórias antigas partilhadas em redor do cabrito, do folar, do pão de ló. Parecia sempre melhor contexto para isso, muito mais do que o Natal. Aos que ainda hoje se reunirão com os seus avós, que as histórias sejam mais com eles e menos desperdiçadas a falar do mal que vai no país. Aos que os lembram, lembrem as suas histórias com os demais. A todos: uma Santa Páscoa.



via Instagram http://ift.tt/1HB6PMH

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments