amarelo, ó amarelo

o título de cima foi só para te chamar a atenção.
se estás aqui a ler esta parvónia, deu resultado.
ainda bem.
a sério.
olha que as linhas deste blog até nem são más de todo.
podem não te ajudar a resolver os dilemas existenciais ou sequer fazer decidir sobre o aborto, mas são fixes, são do melhor que há no mercado bloguístico, de certa forma uma 'piéce de resistance' com garantia de evitar maus agoiros e promover o bom ócio.
seja como for, o amarelo é o tema, e aqui está porque às vezes tudo descamba!
o tema!
porque tem de haver um tema?
porque sim.
foi, pelo menos, o que me disse o Fintas.
o Fintas é um puto que eu conheço.
é um puto baril.
um bocado desajeitado à bola; mas claro que a gente não lhe diz isso assim de boca; mandamo-lo para a baliza e ele anda todo satisfeito a levar com os balázios do Magala.
o Magala tem 14 anos mas já parece que tem 20; deve sofrer de gigantismo; disso e de embrutice aguda; diz sempre que faz anos a uma sexta; já lhe tentei explicar que o que conta é a data, não o dia da semana em que nasceu, mas ele não entende mesmo...
seja como for,
posto isto,
ora bem,
de qualquer modo,
a.k.a. "inversão abrupta do tema de conversa",
o que conta mesmo é que hoje vi um carro amarelo canário.
é raro.
acho que ainda só tinha visto 3 na vida.
este era um Lotus Elan.
o que explica muita coisa...
a maior parte dos Lótus Elan saíram amarelos.
este também.
ia um gajo do outro lado a rua e pôs-se logo a gritar: amarelo cabrão f-d-p****!
fiquei a pensar naquilo...
há gente mesmo curiosa.
devem trabalhar numa fábrica de tintas, ou coisa parecida.
sabem de cor todos os nomes das cores.
nesse campo só sei que os cortinados lá de casa são branco marfim.
já é alguma coisa.


POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments