Economia

Às vezes penso que as máquinas é que sabem da vida...
Pelo menos quem as fez, sabia da vida.
Também eu queria, assim, poder por vezes entrar no modo 'stand by' e regozijar-me com o tempo morto da melhor maneira... Oh! quem me dera... Aproveitar aqueles minutos entre tarefas, aqueles pequeninos momentos em que acabámos um trabalho e não chega outro e desligar-me para um sono leve mas tranquilizador.
Caramba!
Bem afortunados CPU's!

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments