Tipos de tipos, que por sua vez...

Há um tipo que por sua vez é amigo de outro tipo e que por sua vez vive perto do primeiro tipo, e este, por sua vez, como é lógico, também vive perto desse tipo.
Até aqui nada de mais.

Ora ambos os tipos conheceram uma tipa, que por sua vez conhece outros tipos. Mas esses tipos para aqui não interessam para nada. O que interessa nesta história é que os dois tipos, mais a tipa, e por sua vez a amiga desta tipa, saíram um dia para entrar naquela onda de... enfim, cenas maradas, do tipo... percebem? A coisa não correu bem. Tipo... Nada bem mesmo. E por sua vez os quatro foram descobertos. É que estão a ver, quando se está, tipo, naquela cena, por sua vez corre-se o risco de entrar numa onda do tipo... Já perceberam, certo!?

É que é do tipo: vai-se a fazer o que se quer, e isso por sua vez origina o que não se quer. É do tipo de coisa que já sucedeu a muita gente. Tipo cena de filme. Ou pior. Mas é das tais coisas. Tipo, se não se fizer, por sua vez também nunca se vai saber, não é?

E perante isto, numa próxima, que é que um tipo há-de fazer!?
Alguém me ajuda neste tipo de cenas?

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments