Xingom

Praticamente tudo nesta vida é psicológico.
Como disse uma vez um escritor (que curiosamente tem um nome completo igualzinho ao meu): "o mundo é todo a nossa cabeça".
E de facto é.

Desde que num gélido mês de Dezembro vi um jovem a tomar a bica, às 9 e meia da manhã, vestido de bermudas e t-shirt, nunca mais duvidei dessa frase.

Isto pode parecer aberrante, mas asseguro-vos: não me estou a desviar um milésimo da realidade observada. E não, não estava sob o efeito de anti-estamínicos em dose reforçada.

Mas o que me intrigou verdadeiramente em tal aberração humana foram, sinceramente, os 3 relógios Swatch que ele trazia, divididos pelos dois pulsos...

Ainda hoje, tenho quase a certeza de que ele era um analista enviado pelo planeta Xingom, e que era por aqueles transmissores alienígenas disfarçados de relógios Swatch que ele enviava todos os dados sobre a nossa espécie lá para os escritórios dele, a milhões de anos luz daqui.

O que deve ter acontecido é que a secretária do gajo terá ficado sem net ou, melhor ainda, terá pensado que ele ia para o hemisfério sul do nosso planeta, e por isso enviou aquela roupinha. Agora imaginem a cara com que ele não terá ficado quando aterrou a nave ali para os lados do Cais do Sodré!

É que há coisas que não se fazem mesmo...

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN
DISCUSSION 0 Comments