Sugestões Enólogas do Aprendiz: QUINTA DA ESPERANÇA Tinto 2004



Este alentejano aparece destacado no Pingo Doce com rótulos de prémios e mil recomendações , para além do que já vem no rótulo. De facto, o marketing impele a que a publicidade use estas dicas para que o consumidor tenha uma ajuda. Mas já todos comprámos coisas (vinhos e não só) premiadas com as quais depois não ficamos grandemente satisfeitos.

No que toca ao palato, a meu ver, isto é ainda mais crítico, e ainda mais com vinhos, porque o consumidor pode tê-lo quente ou frio demais, pode ser um apreciador de vinhos por tradição oposto ao que está a provar, pode acompanhar com um prato nada indicado, etc. E assim, aquele rótulo de vinho premiado pode injustamente ser retirado no mesmo instante que alguém prova o vinho, e nalguns casos justamente, noutros nem por isso.

A mim, neste caso do Quinta da Esperança, fiquei convencido quanto ao valor do vinho: afoito, com um teor frutado e bem marcado. Mas não fiquei fã.


Para mim, portanto, por ser um vinho com um temperamento destes, não é o que considero o 'meu tipo de vinho', porque normalmente cansam ao fim do primeiro copo, não trazem mais nada do que esse primeiro impacto cheio de energia e esgota-se o interesse com o passar das horas. Mas sei reconhecer que estou perante um vinho interessante; não fabuloso, mas de facto com uma relação qualidade-preço bastante simpática.

Para quem acima de tudo priveligie os alentejanos, e os vinhos alegres, jovens, desenvoltos e atrevidos, com bastante toque frutado e que se vincam bem na boca, acho que pode aproveitar e dar rapidamente um pulo a uma superfície da Sonae, ao Pingo Doce ou ao Corte Inglés; deve andar em todos por volta dos €5.

Para os restantes, toca a procurar novas experiências enólogas!


Site do produtor Encostas de Estremoz:
www.encostasdeestremoz.com ->

POSTED BY Ricardo Tomé
POSTED IN , ,
DISCUSSION 0 Comments